Noroeste Garantias cumpre metas no ano passado e apresenta crescimento de 221% em relação a 2015. Nesse ano a sociedade de garantias de crédito (SGC) espera ampliar a oferta de garantias complementares para os pequenos negócios e estreitar o relacionamento com o setor público e seus parceiros financeiros.

Noroeste Garantias - Divulgação
Executivo e presidente da Noroeste Garantias (1º e 2º da direita para esquerda) participam do Encontro de Prefeitas e Prefeitos eleitos no Paraná (Foto: Noroeste Garantias – Divulgação)

A SGC paranaense projeta cenários pouco animadores para o país em 2017. No campo econômico ela trabalha com a perspectiva de alto endividamento das famílias e das empresas e no front político prevê um ambiente ainda instável e fragilizado. No entanto, essas variáveis externas não deverão comprometer o ritmo de crescimento da garantidora de crédito sediada em Maringá. “A nossa meta é emitir 442 cartas de garantias nesse ano. Queremos também associar 400 novas empresas”, anuncia Everaldo Belo Moreno, presidente da Noroeste Garantias.

Aliás, crescimento contínuo tem sido a marca registrada da SGC desde que iniciou suas operações em 2012. Nos últimos três anos o crescimento anual médio foi de 230%. “Graças às parcerias que firmamos em 2016 conseguimos cumprir nossas metas e projetar um crescimento de 94% para esse ano. O crédito orientado foi primordial para proporcionar ambientes de negócios favoráveis”, avalia Jean Flávio Zanchetti, diretor executivo da Noroeste Garantias.

Dado a importância das parcerias para impulsionar os negócios, nesse ano a SGC pretende firmar termos de cooperação com a Unicred, Uniprime e a Cresol. Atualmente, a sociedade garantidora conta com sete parceiros financeiros ‑ cooperativas de crédito ligadas ao Sicoob (Metropolitano, Noroeste, Arenito e Aliança), singulares pertencentes ao Sistema Sicredi (União e Agroempresarial) e BRDE ‑, sendo que o Sicoob Metropolitano responde por 49% das operações.

Em 2017, a Noroeste Garantias deverá visitar os principais prefeitos eleitos na sua região para atrair o setor público para reforçar seu fundo de risco, cujo montante é de aproximadamente R$ 3,2 milhões. O estreitamento das relações com as Salas do Empreendedor é outra iniciativa que visa ampliar seus pontos de atendimento. A SGC almeja, ainda, revisar o plano de marketing, refazer o material de divulgação e investir na capacitação de seus executivos, conselheiros e integrantes do Comitê de Crédito.

Resultados das ações

Em 2016, a Noroeste Garantias forneceu 232 cartas no valor de R$ 6.261.269,70. Essas garantias complementares alavancaram operações de crédito em torno de R$ 9 milhões para os pequenos negócios de Maringá e região. Até junho, a SGC não conseguiu atingir suas metas, porém no segundo semestre os negócios deslancharam, com destaque para o mês de agosto, que registrou o recorde de quase R$ 1,2 milhão de garantias fornecidas para seus associados.

A garantidora de crédito fechou o ano com 677 associados atendidos na sede localizada em Maringá e nos postos de atendimento em Nova Esperança e Umuarama. Apesar da crise que afetou a atividade econômica na região, a Noroeste Garantias registrou o menor índice de inadimplência (2,37%) frente à média histórica de 3,22%.

.

Portal das SGC, Ronaldo de Moura

Matéria produzida em 25 de janeiro de 2017.

Deixe uma resposta

Fonte
Contraste